Câmera na Estrada

Fotografia, viagem e os dois juntos!

Page 2 of 42

Foto da Segundona – 06-08-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Intrepid - Museu Aeroespacial

Foto: www.cameranaestrada.com

Porta aviões Intrepid – Museu Aeroespacial, New York, EUA

Dica de passeio – Jardim Botânico de São Paulo

jardim botânico de são paulo

Foto: www.cameranaestrada.com

O Jardim Botânico de São Paulo é uma ótima opção de passeio pra quem quer um lugar tranquilo no meio da maior e mais agitada cidade do Brasil. Fundado em 1928, o jardim foi criado para a preservação das nascentes do Rio Ipiranga e de uma grande área de mata nativa no entorno. O local também tem a função de estudo e preservação de espécies de plantas nativas do Brasil.

Apesar de estar completando 90 anos, não é todo mundo que conhece o lugar, inclusive muitos paulistas. Dificilmente você vai encontrar o lugar lotado e é uma ótima opção pra quem está a fim de relaxar da correria da cidade. São 360.000m2 de matas, jardins, lagos, trilhas e estufas. Além das plantas, é possível encontrar uma fauna variada original da mata atlântica como aves, lagartos, insetos, preguiças e macacos. Essa variedade toda atrai muitos fotógrafos de natureza e também de casamento pra pré-weddings (lembrando que fotografias comerciais devem ser autorizadas e estão sujeitas a taxas). Costumo ir lá quando estou sem tempo ou dinheiro pra viajar e quero fazer umas fotografias de natureza.

Como o local não é um parque, não são permitidas algumas atividades como bike, skate, atividades esportivas coletivas ou o uso de aparelhos de som. Resumindo, é um lugar pra relaxar mesmo e vale a pena uma visita.

O Jardim Botânico de São Paulo abre de terça a domingo e feriados (incluindo feriados às segundas-feiras) das 9 às 17h e fica na Av. Miguel Stéfano, 3031, São Paulo. O ingresso custa R$10,00 por pessoa e tem meio ingresso para estudantes. Crianças de até 4 anos, idosos acima de 60 e portadores de necessidades especiais são isentos de ingresso. O estacionamento custa R$15,00 para carros e R$10,00 para motos. O local também tem restaurante e loja e lembranças.

Mais informações no site oficial.

(Fotos: www.cameranaestrada.com)

jardim botânico de são paulo

 

jardim botânico de são paulo

jardim botânico de são paulo

jardim botânico de são paulo

jardim botânico de são paulo

 

Meu kit de sobrevivência

www.cameranaestrada.com

www.cameranaestrada.com

Costumo viajar sozinho com certa frequência e muitas vezes, vou a locais pouco frequentados através de estradas e trilhas onde passam poucas pessoas e de difícil acesso. Estar sozinho em locais ermos não é a prática mais recomendada então é preciso estar preparado para imprevistos, ou seja, ter tudo à mão de modo a se virar sozinho no caso de um acidente, veículo quebrado, bloqueio do caminho de volta ou simplesmente se eu me perder.

Mesmo que não esteja indo para um lugar isolado, carrego comigo um kit de sobrevivência com o suficiente para me manter durante alguns poucos dias. O conjunto todo fica dentro de uma bolsa compacta e resistente com cerca de 1kg. Abaixo a lista de itens que carrego nele:

  • Canivete suíço com o máximo de funções possíveis
  • Faca com serra e quebra vidro (mantida sempre afiada e com bainha)
  • Isqueiros, fósforos à prova d’água e pederneira
  • Corda/paracord
  • Fio dental (compacto e muito resistente)
  • Rádio de comunicação
  • Lanterna de cabeça com lâmpadas de LED (baixo consumo)
  • Pilhas extras para todos os equipamentos
  • Cobertor de emergência (também pode servir de barraca)
  • Espelho de sinalização
  • Kit de costura (para reparos em roupas e mochilas)
  • Cotonetes, algodão, gaze, band-aid e esparadrapo
  • Medicamentos diversos (seu médico pode fazer a lista)
  • Capa de chuva
  • Apito
  • Bussola
  • Anzol, linha e chumbo
  • Pastilhas purificadoras de água
  • Garrafa dobrável
  • Telefone celular protegido em saco tipo ziplock (comunicação, gps e manuais de sobrevivência)
  • Carregador solar
  • Barras de proteína e carboidratos

Lembrando que, mais importante que o kit, é saber usa-lo. Você pode ter informações no celular mas não dependa dele, tenha ao menos o básico na memória. Antes de sair, verifique a validade dos alimentos e medicamentos e reponha o que usou. E o mais importante, previna-se pra nunca precisar usar seu kit de sobrevivência.

Foto da Segundona – 30-07-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Ilhabela

Foto: www.cameranaestrada.com

Ilhabela, SP, Brasil

XVIII Festival de Inverno de Paranapiacaba

paranapiacaba

Foto: www.cameranaestrada.com

 

Começa amanhã, 21 de Julho de 2018 a décima oitava edição do Festival de Inverno de Paranapiacaba. O festival que completa sua maioridade este ano, é uma ótima oportunidade para conhecer a vila que preserva muito de sua história desde sua construção no século XIX.

Além da história, os turistas poderão apreciar shows musicais, circo, teatro, exposições, artesanato e gastronomia. Muitas atrações também mostrarão mais detalhes sobre a vila, seus prédios históricos e suas lendas. Muitas atrações serão destinadas às crianças que serão muito bem-vindas à vila.

 

paranapiacaba

Maquinário da antiga ferrovia. Foto: www.cameranaestrada.com

O Festival de Inverno de Paranapiacaba acontece nos dias 21, 22, 28 e 29 de julho e a programação completa pode ser encontrada no site oficial do evento: http://www3.santoandre.sp.gov.br/fip/wp-content/uploads/2018/07/jornal-FIP-WEB2.pdf

Mais informações sobre a vila de Paranapiacaba podem ser encontradas neste post.

Foto da Segundona – 16-07-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

São Bento do Sapucaí

Foto: www.cameranaestrada.com

São Bento do Sapucaí, SP, Brasil

Nikon lança câmera com zoom de 125x

nikon p1000

Foto: www.nikonusa.com

A Nikon lançou essa semana sua nova câmera prosumer Coolpix P1000. A nova câmera tem um sensor de 16 Megapixel, ISO 100-6400, faz fotos a 7fps e vídeos em 4K a 30fps, tem display móvel e estabilização de imagem. Mas a grande novidade da Coolpix P1000 é o novo zoom ótico de 125x.

A fabricante deu uma exagerada em matéria de zoom e colocou na Nikon P1000 uma objetiva equivalente a 24-3000mm, um pouco além da P900 que já impressionou com sua objetiva 24-2000mm. O fabricante promete que, com essa câmera, você vai conseguir fotografar detalhes da lua. E é verdade porém, a conversa é um pouco mais complexa.

Em primeiro lugar, existem restrições óticas. Um zoom 24-3000mm certamente irá perder qualidade ótica em parte ou em toda a sua extensão. Outro problema é a estabilização em zoom máximo. Segurando a câmera na mão, é praticamente inviável fazer fotografias a 3000mm. Para ter uma imagem bem definida, é preciso um tripé de ótima qualidade, qualquer outro irá tremer e provavelmente prejudicar a imagem. De qualquer modo, é uma ótima câmera com boa qualidade de imagem e vários recursos interessantes. É perfeita para imagens usadas na internet ou mesmo pra quem não procura um resultado profissional.

Abaixo, algumas fotos de exemplo feitas pela Nikon, lembrando que são imagens feitas nas melhores condições possíveis e com pós-produção profissional:

 

nikon p1000

Foto: www.nikonusa.com

nikon p1000

Foto: www.nikonusa.com

nikon p1000

Foto: www.nikonusa.com

O preço de lançamento é de US$999. Mais informações no site da Nikon P1000.

Fotógrafo bom continua o trabalho até caído no chão

yuri cortez

Quem assistiu o jogo da Copa do Mundo entre Inglaterra x Croácia no último dia 11, deve ter notado a comemoração da seleção croata após marcar um gol. Os jogadores correram para o fundo do campo, próximo a vários fotógrafos que trabalhavam por lá. Alguns jogadores mais empolgados correram e pularam em cima do autor do gol e acabaram caindo em cima do fotógrafo salvadorenho Yuri Cortez que acabou caindo no chão.

yuri cortez

Foto: Carl Recine / Reuters

Alguns talvez parassem de fotografar ou até mesmo reclamassem dos jogadores mas não foi o que Yuri fez. Profissional do fotojornalismo da agência AFP (Agence France-Presse), acostumado a retratar guerras e conflitos entre traficantes, continuou fotografando e fez imagens únicas, de um ângulo definitivamente inusitado.

Nas reder sociais, Yuri Cortez foi exaltado pelo profissionalismo e, dentro do campo, foi cumprimentado pelos jogadores. Ganhou inclusive um beijo do jogador Vida da seleção croata.

Veja algumas das fotografias feitas pelo fotógrafo:

yuri cortez

Foto da Segundona – 09-07-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Santo Antonio Do Pinhal

Foto: www.cameranaestrada.com

Santo Antônio do Pinhal, Brasil

Qysea Fifish P3, o drone submarino

fifish

Foto: www.qysea.com

Você gostaria de ter um drone e fazer aquelas fotos e filmagens incríveis das suas viagens e belos lugares ao redor do mundo? E como registrar essas mesmas imagens quando for mergulhar naquele lugar lindíssimo com um mar azul turquesa? Nesse caso, você pode utilizar o Qysea Fifish P3, o drone submarino.

O Fifish é um ROV ou Remotely Operated Vehicle (Veículo Operado Remotamente em português), ou simplificando um mini submarino de controle remoto. Ele é equipado com luzes de 2000 lumen, um sensor CMOS de 1″ de 20 Megapixel que além de fotografar também faz vídeos em 4K. A câmera cobre um ângulo de 162°, um pouco menos que uma GoPro e pode ser ajustada para ISO até 12800 para situações de pouca luz, muito comuns embaixo d’água.

O drone submarino Fifish pode mergulhar até cerca de 100 metros de profundidade e é controlado por um controle remoto com suporte para celular ou tablet que permitem acompanhar o que o submarino está vendo, da mesma forma que funciona com os drones aéreos. Na parte de navegação, o Fifish tem três propulsores, alcança até 3 nós, tem controle de estabilização e pode ser operado por até 2 horas.

Interessou? Então prepare o bolso. O Qysea Fifish custa US$ 3.499. Mais informações em www.qysea.com

« Older posts Newer posts »

© 2018 Câmera na Estrada

Theme by Anders NorenUp ↑