© www.cameranaestrada.com

Hoje em dia, o trekking é uma das atividades ao ar livre mais praticadas, mesmo porque muitos lugares de rara beleza somente são acessíveis a pé. Os cuidados necessários para uma boa caminhada variam conforme o nível e extensão da mesma. Vamos listar aqui algumas dicas básicas para tornar suas trilhas e caminhadas mais fáceis, seguras e prazerosas:

  • Respeite seus limites, não exagere na distância e no peso. Manter-se em forma é uma das melhores dicas para um bom trekking.
  • Use calçados adequados ao terreno onde está caminhando. Botas ou tênis específicos para caminhada, confortáveis, resistentes e com solado antiderrapante podem ajudar muito a garantir a sua segurança na trilha. Lembre-se de nunca usar calçados novos em trilhas longas. Use-os antes em algumas caminhadas curtas para que amaciem e se adaptem aos seus pés.
  • Para evitar bolhas, diminua o atrito dos pés com o calçado. Se o calçado está folgado, preencha-o com algodão. Use meias limpas e, se preciso, troque-as durante a caminhada. Outra técnica utilizada é untar os pés com vaselina para diminuir o atrito.
  • Prefira as roupas de tecidos sintéticos que são mais leves, secam mais facilmente e facilitam a transpiração. Roupas mais justas enroscam menos nos obstáculos da trilha, o que evita de rasga-las.
  • Se estiver carregando muito peso, use bastões de caminhada (podem até mesmo ser improvisados com galhos). Elas ajudam a distribuir o peso entre as pernas e braços, além de aumentar a estabilidade.
  • Planeje e avise sempre alguém sobre o seu roteiro e previsão de retorno. Isso facilitará muito um resgate em caso de acidentes.
  • Evite se aventurar sozinho. Não subestime as trilhas e, se necessário, contrate um guia. Saber usar uma bússola, GPS e levar mapas atualizados também são ótimas opções. Calcule a razão entre tempo e distância para não ter que caminhar à noite numa área desconhecida.
  • Evite ao máximo sair da trilha. Trilhas mais fechadas podem se tornar invisíveis a apenas alguns metros de distância.
  • Cuide da trilha para que você e outros viajantes possam usá-la. Não alargue a trilha nem crie atalhos. Leve seu lixo com você e não danifique a flora nem incomode a fauna.
  • Verifique a previsão do tempo para não ser pego de surpresa e use protetor solar mesmo em dias nublados.
  • Trilhas em propriedades particulares podem requerer autorizações. Informe-se para não ser tratado como um invasor (por proprietários armados). Muitos fazendeiros dão acesso às suas terras e até mesmo cuidam das trilhas. Ajude-os!
  • Água pesa mas é melhor carregá-la que ficar sem ela. Tenha sempre produtos purificadores de água para alguma emergência. Esses produtos são facilmente encontrados em supermercados e farmácias, em pastilhas ou líquidos.
  • Leve alimentos com folga na quantidade. Barras de cereais, chocolates, frutas secas e castanhas são ótimas opções. Existem também alimentos específicos como proteínas e carboidratos em barras e gel. Evite alimentos perecíveis e de difícil digestão. Deixe o leitão à pururuca pra volta.
  • Se você tem facilidade para torções, use tensionadores. Peça indicações mais precisas para o seu médico.
  • Divirta-se e aproveite a paisagem!