Câmera na Estrada

Fotografia, viagem e os dois juntos!

Category: Viagem (page 2 of 31)

Países que exigem visto dos brasileiros

© www.cameranaestrada.com

© www.cameranaestrada.com

O passaporte brasileiro é um dos mais aceitos do mundo. Com um passaporte brasileiro é possível entrar em mais de 120 países sem precisar de um visto. É importante lembrar que a dispensa do visto normalmente está ligada ao tempo de permanência no país estrangeiro. Muitos países que não exigem visto de brasileiros, vão exigir caso a permanência ultrapasse um certo período (30, 90, 180 dias, etc.) A lista abaixo mostra os países que exigem visto dos brasileiros pra qualquer tempo de permanência. Se possível, obtenha seu visto ainda no território brasileiro:

  • Afeganistão
  • Angola
  • Arábia Saudita
  • Argélia
  • Armênia
  • Austrália
  • Azerbaijão
  • Bangladesh
  • Bareine
  • Belarus/Bielorrússia
  • Belize
  • Benin
  • Bósnia
  • Brunei
  • Burkina Faso
  • Burundi
  • Butão
  • Cabo Verde
  • Camarões
  • Camboja
  • Canadá (em alguns casos)
  • Catar
  • Cazaquistão
  • Chade
  • China
  • Comores
  • Congo, República Democrática (ex-Zaire)
  • Cook (Ilhas)
  • Coréia do Norte
  • Costa do Marfim
  • Cuba
  • Djibuti
  • Dominica
  • Egito
  • El Salvador
  • Emirados Árabes
  • Eritréia
  • Estados Unidos
  • Etiópia
  • Gabão
  • Gâmbia
  • Gana
  • Geórgia
  • Granada
  • Guiné
  • Guiné-Bissau
  • Guiné-Equatorial
  • Iêmen
  • Índia
  • Indonésia
  • Irã
  • Iraque
  • Jamaica
  • Japão
  • Jordânia
  • Kiribati (Ilhas)
  • Kuaite
  • Laos
  • Lesoto
  • Líbano
  • Libéria
  • Líbia
  • Macedônia
  • Madagascar
  • Malaui
  • Mali
  • Marianas (Ilhas)
  • Marshall (Ilhas)
  • Maurício (Ilhas)
  • Mauritânia
  • México
  • Moçambique
  • Moldova
  • Mônaco
  • Mongólia
  • Montenegro
  • Myanmar/Birmânia
  • Nepal
  • Níger
  • Nigéria
  • Omã
  • Papua Nova Guiné
  • Paquistão
  • Quênia
  • Quirguistão
  • Rep. Centro Africana
  • Rep. Dominicana
  • Romênia
  • Ruanda
  • Salomão (Ilhas)
  • São Tomé e Príncipe
  • Senegal
  • Serra Leoa
  • Síria
  • Somália
  • Sri Lanka
  • Suazilândia
  • Sudão
  • Sudão do Sul
  • Tadjiquistão
  • Taiwan
  • Tanzânia
  • Timor Leste
  • Togo
  • Turcomenistão
  • Uganda
  • Uzbequistão
  • Vanuatu
  • Vietnã
  • Zâmbia
  • Zimbábue

Muitos países da América do Sul aceitam também a Cédula de Identidade brasileira no lugar do passaporte mas lembre-se que ela deve ter sido emitida há menos de 10 anos. A Carteira Nacional de Habilitação não é considerada documento de identidade porém, pode ser usada juntamente com o passaporte como documento de habilitação para dirigir em alguns países do mundo. Para informações detalhadas e atualizadas sobre ingresso de brasileiros em outros países, visite o Portal Consular do governo brasileiro: www.portalconsular.mre.gov.br

Foto da Segundona – 08-10-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

colonia del sacramento

Foto: www.cameranaestrada.com

Colonia del Sacramento, Uruguai

Foto da Segundona – 01-10-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

São Paulo

Foto: www.cameranaestrada.com

Pôr do sol de hoje sobre São Paulo

7 Lugares imperdíveis na Patagônia

Daria pra escrever um post com 500 lugares imperdíveis na Patagônia. A região localizada no sul da América do Sul tem algumas das mais belas paisagens do mundo e pode ser visitada o ano inteiro. Pros fotógrafos, é um parque de diversões. Montanhas, florestas, vida selvagem, lagos, praias e cidades charmosas fazem o cenário perfeito pra belas fotos.

Já que não dá pra fazer um post com 500 lugares, selecionei uma lista com 7 lugares que eu acho imperdíveis e que resumem o que a Patagônia tem de melhor.

1 – El Calafate e glaciar Perito Moreno, Argentina
lugares imperdíveis na patagônia

Foto: Mampu / www.pixabay.com

A pequena cidade argentina é a sede para visitar o incrível glaciar Perito Moreno. Na Patagônia existem glaciares maiores mas esse tem um ótima infraestrutura para qualquer visitante. Se quiser só apreciar o glaciar e ver os imensos blocos de gelo caindo, existem passarelas próximas e de fácil acesso. Se quiser chegar mais perto, é possível contratar um trekking sobre o glaciar e caminhar por uma paisagem única. Procure a Hielo y Aventura.

2 – Ushuaia, Argentina
ushuaia

Foto: www.cameranaestrada.com

A cidade do fim do mundo já é uma atração por si só, é muito bom saber que você está na última cidade antes da Antártida (Puerto Williams no Chile está tentando tomar esse posto mas, por enquanto Ushuaia ainda é a mais famosa). Ao redor da cidade, existem glaciares, trilhas, passeios de trem, esqui e a famosa navegação pelo Canal de Beagle para ver aves e leões marinhos. Procure a Tolkeyen.

3 – Pucon, Chile
pucon

Foto: www.cameranaestrada.com

A pequena cidade tem aquele clima aconchegante de montanha com um vulcão gigante como pano de fundo. O vulcão Villarrica solta sua fumaça o tempo todo em meio ao seu topo nevado e pode ser escalado mesmo por pessoas sem muita experiência. Além disso, também é possível aproveitar as águas quentes que saem do chão nas termas que ficam ao redor da cidade.

4 – Parque Nacional Torres del Paine, Chile
torres del paine

Foto: www.cameranaestrada.com

Uma das melhores atrações da Patagônia e um dos parques nacionais mais bonitos do mundo. Além de belíssimas paisagens, o parque tem vida selvagem abundante e uma ótima infra-estrutura. A hospedagem é cara, no nível das cidades mais caras do mundo porém, o parque pode ser visitado a partir de Puerto Natales que fica a menos de 100km. Uma coisa é certa, vale a pena! Procure a Fantastico Sur para trekkings guiados.

5 – San Martin de los Andes, Argentina
san martin de los andes

Foto: Fuland / www.pixabay.com

A cidade é bem menos conhecida que Bariloche ou Pucon mas provavelmente é mais charmosa. Localizada em meio a picos nevados e ao lado de um lago, é uma das cidades mais bonitas da Patagônia e oferece pousadas e restaurantes charmosos além das belas paisagens.

6 – Peninsula Valdes, Argentina
peninsula valdes

Foto: mariamichelle / www.pixabay.com

Se você procura vida selvagem, esse é o lugar certo. Aqui ocorrem espécies diversas e comportamentos únicos como as orcas que caçam nas praias além de leões marinhos, aves, etc. A cidade mais próxima para servir como base é Puerto Madryn.

7 – Estradas
Puerto Natales

Foto: www.cameranaestrada.com

Isso mesmo, dirigir na Patagônia é um privilégio. As grandes retas atravessando grandes espaços abertos ou as curvas sinuosas das montanhas apresentam paisagens incríveis! Garanto que você vai parar várias vezes pra fotografar.

 

 

Fogareiro sustentável com gerador de eletricidade

fogareiro sustentável

Foto: www.bioliteenergy.com

Camping está se tornando a cada dia mais confortável e tecnológico. Agora existe todo tipo de produtos pra levar pra barraca e parecer que você está num quarto de hotel. Imagine então que você está cozinhando num acampamento e pode utilizar o calor fornecido pela queima da madeira para gerar energia. É isso que o fogareiro Biolite CampStove faz.

O fogareiro sustentável possui um recipiente onde é colocada a madeira a ser queimada. O calor gerado pela queima ativa um módulo termoelétrico que gera eletricidade. Essa eletricidade aciona um ventilador de 1W que incrementa a queima aproveitando melhor o material. E tudo isso com pouca fumaça!

Mas não para por aí. A energia elétrica restante alimenta uma porta USB onde é possível ligar uma luminária ou até mesmo carregar seu celular. A BioLite produz também outros modelos e acessórios para cozinha em acampamento e parte do valor arrecadado com a venda é destinada à produção de energia sustentável em comunidades carentes da Africa. Sustentabilidade levada a sério!

Mais informações sobre o fogareiro sustentável Biolite CampStove e outros produtos, no site do fabricante www.bioliteenergy.com

Adventure Sports Fair 2018

Quem gosta de esportes de aventura, atividades outdoor e viagens off-road, já pode comemorar. A Adventure Sports Fair de 2018 já está chegando. A mais nova edição da feira que existe desde 1999 acontecerá entre os dias 19 e 21 de Outubro no São Paulo Expo, na capital paulista.

A Feira

A feira traz esportes radicais, camping, bike, corrida, fabricantes de materiais esportivos, veículos off-road, aventureiros, atletas e ainda a chance de você experimentar diversas atividades como esqui, caiaque, escalada e mergulho.

Pros viajantes, representantes de vários lugares do Brasil, agências de turismo e representantes de outros países trazem informações sobre as atrações turísticas de suas regiões.

Palestras e Workshops

Paralelo à Adventure Sports Fair, acontecem palestras, workshops e sessões de autógrafos com profissionais da área como Hugo Vidal, Monica Filipini, Carol Emboava, Freddy Duclerc, Patricia Loureiro, Celso Cavalini e Grace e Robert do Challenging Your Dreams, entre vários outros.

A Adventure Sports Fair acontece no São Paulo Expo, Rodovia dos Imigrantes km 1,5.

Sexta, 19 de Outubro das 12 às 20hs
Sábado, 20 de Outubro das 10 às 20hs
Domingo, 21 de Outubro das 10 às 19hs

Ingressos antecipados e mais informações no site da feira: www.adventurefair.com.br

Foto da Segundona – 24-09-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

santo andorinhas

Foto: www.cameranaestrada.com

Salto Andorinhas, Ascurra, Brasil

Foto da Segundona – 10-09-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

praia do porto fernando de noronha

Foto: www.cameranaestrada.com

Praia do Porto, Fernando de Noronha, PE

Foto da Segundona – 27-08-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Foto: www.cameranaestrada.com

São Paulo vista do Farol Santander

26 anos sem Christopher McCandless

Foto: Christopher McCandless

Christopher McCandless era um aluno exemplar, formou-se com louvor aos 22 anos na Universidade de Atlanta. Poucos dias após a formatura porém, desapareceu. Dois anos depois, foi encontrado morto em um ônibus abandonado no Alasca, em Agosto de 1992.

Intrigado com a história contada nos diários de McCandless, o escritor Jon Krakauer escreveu o livro Na Natureza Selvagem (Into the Wild), contando a trajetória do jovem nos dois últimos anos de sua vida. O livro, um sucesso de vendas, foi transformado em filme com o mesmo nome por Sean Penn em 2007, com trilha sonora primorosa composta por Eddie Vedder, vocal do Pearl Jam.

McCandless doou seu fundo universitário de US$24.000 para caridade, abandonou seu carro, mudou seu nome para Alexander Supertramp e caiu na estrada, sem destino. No seu caminho, conheceu lugares e pessoas, inspirou e foi inspirado, viveu com intensidade até decidir sobreviver por seus próprios meios por algum tempo na natureza selvagem do Alasca. Conseguiu por mais de 100 dias porém, sua inexperiência tornou o final de sua jornada fatal.

A história divide opiniões, alguns o vêem como um exemplo, outros como um imaturo suicida. Em minha opinião, a fatalidade foi apenas um dos possíveis finais. McCandless (ou Alex Supertramp) fez algo que 99% dos humanos que passaram por esse planeta jamais fizeram: foi livre. Viveu as possibilidades de sua vida, mudou a visão de outros e poderia hoje talvez, estar mostrando ao mundo uma nova alternativa de vida. Errou e pagou o preço. Independente das opiniões, o filme é obrigatório pra todos aqueles que adoram viajar.

Older posts Newer posts

© 2019 Câmera na Estrada

Theme by Anders NorenUp ↑