Câmera na Estrada

Fotografia, viagem e os dois juntos!

Category: Fotografia (page 1 of 26)

Foto da Segundona – 24-09-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

santo andorinhas

Foto: www.cameranaestrada.com

Salto Andorinhas, Ascurra, Brasil

4 Dicas para não perder suas fotos em viagens

cartão de memória

Foto: www.pixabay.com

Tem gente que adora fotografar durante as viagens e tem gente que viaja só pra fotografar. Agora, imagina que você fez 1000 fotos num lugar maravilhoso e aí você perde um cartão de memória cheio. Ou então, o cartão dá erro e corrompe os arquivos ou você tem seu equipamento e cartões roubados. Não dá pra correr um risco desses então, aqui vão 4 dicas pra você não perder suas fotos em viagens, ou mesmo numa saída fotográfica na sua própria cidade:

  1. Tenha cartões de memória de boa qualidade em quantidade suficiente pra todas as suas fotos – Em primeiro lugar, nunca compre cartões de memória genéricos ou de origem duvidosa. Eles são muito mais propensos a dar algum tipo de defeito e corromper suas fotos. Se possível, tenha cartões suficientes para comportar todas as suas fotos sem ter que reutiliza-los numa mesma viagem.
  2. Faça backup dos cartões – Infelizmente, essa opção nem sempre é possível porque nem sempre levamos um notebook nas viagens. Sempre que possível, faça backup das suas fotos num computador, HD externo e, principalmente, num disco online (se você é um fotógrafo profissional, é uma obrigação ter um drive online!). Já existiram HDs com leitor de cartão que funcionam sem computador mas não são muito fáceis de encontrar no Brasil e a maioria dos fabricantes, como a Wolverine, já tirou de linha.
  3. Não apague suas fotos depois do backup – Mesmo que você tenha um computador e faça cópia de segurança dos cartões todos os dias, não apague essas fotos do cartão. No pior dos casos, se acontecer alguma coisa com o notebook ou HD, você ainda tem as fotos nos cartões. Por isso, é legal ter cartões de memória pra todas as fotos, assim você não precisa apagar os cartões pra usar de novo.
  4. Mantenha os cartões cheios seguros – Se você faz uma viagem ou uma saída fotográfica, alguma coisa pode acontecer ao seu equipamento durante os deslocamentos. Você pode ter sua bagagem extraviada ou mesmo furtada. Guarde seus cartões de memória no bolso ou em algum lugar seguro pra manter suas fotos seguras mesmo que você perca seu equipamento.

Bolsas e alças fashion para câmeras

capturing couture

Foto: www.capturingcouture.com

Cansado das bolsas quadradas pretas? Ou da alças com a marca do fabricante? Que tal poder mostrar seu estilo não só nas suas fotos mas também na bolsa de equipamentos?

A Capturing Couture é uma empresa fundada na Califórnia que desenvolveu uma linha de bolsas e alças fashion para câmeras, diferenciadas no formato, estampas e materiais, sem deixar de lado a proteção para suas câmeras e objetivas. Ao invés do tradicional material sintético, os produtos são feitos em diversos tipos de tecidos e dá até pra combinar a bolsa da câmera com a roupa. Os produtos incluem alças de diversos tamanhos e larguras, engate rápido, alça tipo cachecol, bolsas protetoras para equipamento fotográfico em diversos formatos e até cordão para prender a tampa das objetivas.

capturing couture

Foto: www.capturingcouture.com

 

capturing couture

Foto: www.capturingcouture.com

Pra quem quiser algo além da fotografia, a marca fabrica também outros tipos de bolsas, alças para instrumentos musicais e até coleiras para seu dog. Infelizmente os produtos ainda não estão á venda no Brasil e precisam ser importados. Conheça a linha completa no site do fabricante: www.capturingcouture.com

Foto da Segundona – 10-09-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

praia do porto fernando de noronha

Foto: www.cameranaestrada.com

Praia do Porto, Fernando de Noronha, PE

Comparativo mirrorless full-frame: Canon vs Nikon

mirrorless full-frame

Fotos: Sites dos fabricantes

As câmeras mirrorless estão em alta, todos os grandes fabricantes estão lançando modelos mais avançados pra conseguir uma fatia desse mercado, ainda mais com os novos lançamentos de mirrorless full-frame. Alguns profissionais estão largando suas DSLR pra comprar mirrorless e outros falam que isso é só moda e que vai passar. Já usei mirrorless e ainda não quero trocar, não que seja ruim mas eu adoro o visor ótico e a “pegada” da DSLR! Quem sabe um dia.

Bom, no final de agosto de 2018, a Nikon lançou duas mirrorless com sensor fullframe: a Z6 e a Z7. Alguns dias depois, em 5 de setembro de 2018, foi a vez da Canon lançar sua versão: a Canon EOS-R. Abaixo tem as principais características e diferenças entre os modelos top das marcas, a Z7 e a R pra você que quer comprar uma delas:

Nikon Z7
  • Sensor: BSI CMOS Full-frame 45.7 Megapixel
  • ISO: 64-25600
  • Vídeo: 4K 30fps, 1080p 120fps
  • Visor: QVGA 3,6 milhões de pontos
  • LCD: Móvel Touch 3,2″, 2,1 milhões de pontos
  • Foco: 493 pontos AF
  • Filtro low-pass: Não
  • Montagem: Nikon F
  • Peso: 585g
  • Outros recursos: 9fps, Wi-Fi, Bluetooth, weather-proof
  • Preço: US$3399
  • Mais informações: Site oficial da Nikon Z7

 

Canon EOS-R
  • Sensor: CMOS Full-frame 30.4 Megapixel
  • ISO: 100-40000
  • Vídeo: 4K 30fps, 1080p 60fps
  • Visor: OLED 3,9 milhões de pontos
  • LCD: Móvel Touch 3,2″, 2,1 milhões de pontos
  • Foco: 5655 pontos AF
  • Filtro low-pass: Sim
  • Montagem: Canon RF com adaptador para EF
  • Peso: 580g
  • Outros recursos: 8fps, Wi-Fi, Bluetooth, weather-proof
  • Preço: US$2299
  • Mais informações: Site oficial da Canon EOS R

 

Apesar de ambas serem ótimas câmeras, parece que a Nikon resolveu ser mais ousada e colocar mais capacidades na Z7 como um sensor mais moderno e com maior capacidade além de mais recursos de vídeo. A Canon por outro lado surpreendeu na capacidade de foco e na nova montagem RF, pronta pra novas evoluções em matéria de objetivas além de adaptadores para usar toda a linha de objetivas EF. Além disso, pra quem quer uma mirrorless full-frame, vale a pena ver os modelos da Sony e Fuji. Qualquer que seja sua escolha, vai ter nas mãos muita diversão!

Foto da Segundona – 27-08-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Foto: www.cameranaestrada.com

São Paulo vista do Farol Santander

14º Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco

paraty

O Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco é um dos principais eventos voltados à fotografia no Brasil. Este ano, a cidade histórica irá sediar a 14ª edição do festival que acontecerá de 19 a 23 de setembro de 2018.

O evento traz convidados famosos do mundo da fotografia, workshops, palestras, entrevistas e exposições. Esse ano serão mais de 20 convidados como Araquém Alcântara, Luciano Candisani, Lygia Barbosa, Maureen Bisilliat, Walter Carvalho dentre outros nomes da fotografia brasileira e internacional. Os workshops dessa edição tem vagas limitadas e as inscrições estão abertas. Especialistas da área irão tratar assuntos diversos como fotografia autoral, natureza, espetáculo, criatividade, conceitos, história, fotografia de rua, entre outros.

Pra quem puder ir a Paraty vale lembrar que, além do evento, a visita à cidade já vale a viagem. O PEF também promove ações sociais como estágios e bolsas junto à população da região.

Mais informações no site do evento www.pefparatyemfoco.com.br

Foto da Segundona – 13-08-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

silla del diablo

Foto: www.cameranaestrada.com

Silla del Diablo, Puerto Natales, Chile

Foto da Segundona – 06-08-2018

Toda segunda-feira, uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Intrepid - Museu Aeroespacial

Foto: www.cameranaestrada.com

Porta aviões Intrepid – Museu Aeroespacial, New York, EUA

Dica de passeio – Jardim Botânico de São Paulo

jardim botânico de são paulo

Foto: www.cameranaestrada.com

O Jardim Botânico de São Paulo é uma ótima opção de passeio pra quem quer um lugar tranquilo no meio da maior e mais agitada cidade do Brasil. Fundado em 1928, o jardim foi criado para a preservação das nascentes do Rio Ipiranga e de uma grande área de mata nativa no entorno. O local também tem a função de estudo e preservação de espécies de plantas nativas do Brasil.

Apesar de estar completando 90 anos, não é todo mundo que conhece o lugar, inclusive muitos paulistas. Dificilmente você vai encontrar o lugar lotado e é uma ótima opção pra quem está a fim de relaxar da correria da cidade. São 360.000m2 de matas, jardins, lagos, trilhas e estufas. Além das plantas, é possível encontrar uma fauna variada original da mata atlântica como aves, lagartos, insetos, preguiças e macacos. Essa variedade toda atrai muitos fotógrafos de natureza e também de casamento pra pré-weddings (lembrando que fotografias comerciais devem ser autorizadas e estão sujeitas a taxas). Costumo ir lá quando estou sem tempo ou dinheiro pra viajar e quero fazer umas fotografias de natureza.

Como o local não é um parque, não são permitidas algumas atividades como bike, skate, atividades esportivas coletivas ou o uso de aparelhos de som. Resumindo, é um lugar pra relaxar mesmo e vale a pena uma visita.

O Jardim Botânico de São Paulo abre de terça a domingo e feriados (incluindo feriados às segundas-feiras) das 9 às 17h e fica na Av. Miguel Stéfano, 3031, São Paulo. O ingresso custa R$10,00 por pessoa e tem meio ingresso para estudantes. Crianças de até 4 anos, idosos acima de 60 e portadores de necessidades especiais são isentos de ingresso. O estacionamento custa R$15,00 para carros e R$10,00 para motos. O local também tem restaurante e loja e lembranças.

Mais informações no site oficial.

(Fotos: www.cameranaestrada.com)

jardim botânico de são paulo

 

jardim botânico de são paulo

jardim botânico de são paulo

jardim botânico de são paulo

jardim botânico de são paulo

 

Older posts

© 2018 Câmera na Estrada

Theme by Anders NorenUp ↑