Foto: Park Lee

Serina Tsubakihara estava de férias mergulhando na ilha de Ishigaki na costa do Japão em setembro de 2015. Ela fazia fotografias submarinas com sua câmera protegida dentro de uma caixa estanque. Seu amigo e parceiro de mergulho teve problemas com o equipamento e precisou da ajuda de Serina. Durante o resgate, ela deixou a câmera cair e achou que a havia perdido para sempre. Isso até 2018.

Um garoto de 11 anos estava participando de uma atividade de limpeza numa praia em Taiwan quando encontrou a câmera. A praia fica a 250 km do local onde a câmera foi perdida. A caixa estanque parecia mais uma rocha, repleta de animais marinhos grudados. O professor Park Lee achou que a câmera estava perdida porém, ao remover alguns dos animais, conseguiu abrir a caixa e descobriu que a câmera estava intacta. Nenhuma água havia entrado e a bateria ainda tinha carga.

Foto: Park Lee

Após conversar com os alunos, Lee resolveu baixar e postar as fotos encontradas no cartão de memória, de modo que a dona pudesse ser encontrada. A postagem foi compartilhada alguns milhares de vezes até que chegou a Tsubakihara. Ela nem acreditou que isso seria possível.

A fotógrafa sortuda pretende viajar para Taiwan em meados de 2018 para recuperar suas fotos e agradecer as pessoas que a resgataram e tiveram a honestidade de procurar a dona da câmera. Além disso, ela pode ter certeza que comprou a caixa estanque correta que cumpriu muito bem o papel de proteger seu equipamento fotográfico.