Foto: www.cameranaestrada.com

Você pode sair pra fotografar um casamento, produtos para publicidade ou pode estar indo viajar para um lugar incrível que pode render muitas fotos. Em qualquer ocasião de fotografia, tem certas coisas que são obrigatórias pra todo fotógrafo além das câmeras, lentes e flashes.

Essa é a lista de coisas que eu já deixo direto dentro da mochila pra nunca esquecer de levar num trabalho e que aconselho que todo fotógrafo deve carregar:

  1. Baterias extras – Num trabalho mais intenso com muitas imagens e principalmente vídeos, as baterias se esgotam rápido. Normalmente saio de casa com todas as baterias completas. Levo um total de 3 ou 4. O mesmo vale para as pilhas dos flashes. Levo no mínimo 2 jogos.
  2. Cartões de memória extras – Muitos trabalhos cabem num cartão só mas isso não significa que ele jamais vá dar algum problema. Todo fotógrafo deve levar mais cartões que só o necessário para o trabalho, mesmo porque eles são bem baratos perto das câmeras e objetivas.
  3. Cabo de interface – Normalmente, eu fotografo conectado ao notebook, então o cabo é fundamental. Já tive problemas no leitor de cartões do notebook e daí pra frente, sempre levei o cabo USB da câmera.
  4. Mini tripé – Além do tripé grande, sempre tenho um mini tripé na mochila. Ele tem uns 25cm fechado e 1,5m aberto. É frágil mas é bem leve e pode quebrar um galho em algumas situações. Se estiver indo pra algum lugar ermo carregando material de camping e comida, levo só ele.
  5. Acessórios para limpeza – Bem importante principalmente em externas. Um kit de limpeza com fuc-fuc (soprador com pincel), caneta pra limpeza de lente e flanela de microfibra são suficientes. No final de um dia de fotografia, sempre limpo tudo.
  6. Cartão branco/cinza – Usado pra calibrar balanço de branco personalizado e fazer medições em locais com muita variação de luminosidade. Dificilmente uso um balanço de branco da câmera, sempre faço o meu personalizado.
  7. Disparador remoto/timer – O disparador remoto é fundamental pra baixas velocidades e acabo usando o tempo todo no estúdio. Pra time-lapses ou uso de timers muito longos, uso um disparador programável. Não é caro e é muito eficiente.