Câmera na Estrada

Fotografia, viagem e os dois juntos!

7 Filmes sobre viagem para assistir no Netflix

Alguns filmes são inspiradores e tem o poder de marcar nossas vidas. Para aqueles que amam viajar, filmes sobre viagens tem ainda um sabor extra. Selecionei uma pequena lista dos meus filmes sobre viagem prediletos e com uma fotografia sensacional, todos disponíveis pra assistir no Netflix:

1 – A Praia – Leonardo di Caprio é um mochileiro na Tailândia e descobre um grupo de viajantes que formaram uma comunidade numa praia escondida. Aproveite as paisagens belíssimas do litoral tailandês na região das Ilhas Phi Phi.

2 – Maidentrip – Documentário sobre a viagem de Laura Dekker que velejou ao redor do mundo sozinha aos 14 anos de idade. Laura mostra seu cotidiano, as superações e os perrengues de uma aventura como essa.

3 – Na Natureza Selvagem – Filme baseado na famosa história de Christopher McCandless que deixou tudo pra trás em sua busca por liberdade. Uma história real que virou uma inspiração para muitos aventureiros.

4 – O Mundo em Duas Voltas – Documentário das décadas de viagens da família Schurmann velejando ao redor do mundo e sobre o projeto de refazer a viagem de Fernão de Magalhães.

5 – Sete Anos no Tibet – A viagem dos alpinistas Heinrich Harrer e Peter Aufschnaiter, fugindo da Índia durante a segunda guerra mundial e conhecendo os costumes do isolado e desconhecido Tibet.

6 – The Road to Santiago – Paulo Coelho refaz o Caminho de Santiago de Compostela anos após o sucesso de seu livro O Diário de um Mago.

7 – Transpatagonia – Documentário sobre a ciclo-viagem de Guilherme Cavallari pela Patagônia. Mais informações no post cameranaestrada.com/transpatagonia-documentario-de-guilherme-cavallari

8 – (Bônus) O Mundo Segundo os Brasileiros – Esse é um bônus na lista de filmes sobre viagem porque não é um filme mas uma série. Brasileiros contam como é viver em diversos países do mundo.

Pegue a pipoca e faça uma boa viagem sem sair do sofá!

Foto da Segundona – 16-04-2018

Toda segunda-feira uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Foto: www.cameranaestrada.com

Jardim Botânico de São Paulo, Brasil

Câmera é encontrada intacta após mais de 2 anos no mar

Foto: Park Lee

Serina Tsubakihara estava de férias mergulhando na ilha de Ishigaki na costa do Japão em setembro de 2015. Ela fazia fotografias submarinas com sua câmera protegida dentro de uma caixa estanque. Seu amigo e parceiro de mergulho teve problemas com o equipamento e precisou da ajuda de Serina. Durante o resgate, ela deixou a câmera cair e achou que a havia perdido para sempre. Isso até 2018.

Um garoto de 11 anos estava participando de uma atividade de limpeza numa praia em Taiwan quando encontrou a câmera. A praia fica a 250 km do local onde a câmera foi perdida. A caixa estanque parecia mais uma rocha, repleta de animais marinhos grudados. O professor Park Lee achou que a câmera estava perdida porém, ao remover alguns dos animais, conseguiu abrir a caixa e descobriu que a câmera estava intacta. Nenhuma água havia entrado e a bateria ainda tinha carga.

Foto: Park Lee

Após conversar com os alunos, Lee resolveu baixar e postar as fotos encontradas no cartão de memória, de modo que a dona pudesse ser encontrada. A postagem foi compartilhada alguns milhares de vezes até que chegou a Tsubakihara. Ela nem acreditou que isso seria possível.

A fotógrafa sortuda pretende viajar para Taiwan em meados de 2018 para recuperar suas fotos e agradecer as pessoas que a resgataram e tiveram a honestidade de procurar a dona da câmera. Além disso, ela pode ter certeza que comprou a caixa estanque correta que cumpriu muito bem o papel de proteger seu equipamento fotográfico.

 

Como são fabricadas as objetivas Sigma

A gente sabe que objetivas fotográficas são sempre caras mas nem sempre sabemos o trabalho que dá pra fazer uma dessas. Johnnie Behiri, jornalista da Cinema5D, fez um vídeo curto mostrando algumas das diversas etapas de produção das objetivas Sigma. Ele foi o primeiro jornalista a ter acesso às instalações da empresa.

Ele foi até a fábrica da Sigma Corporation, algumas horas ao norte de Tokio, no Japão e foi recebido pelo CEO da empresa, Kazuto Yamaki. Nessa instalação, são produzidas as objetivas ART e Cinema. Ele conta que, o tempo todo, fica clara a atenção que o fabricante dá aos detalhes. O vídeo é em inglês e bem interessante!

 

 

 

 

Foto da Segundona – 09-04-2018

Toda segunda-feira uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Foto: www.cameranaestrada.com

Oceanário de Lisboa, Portugal

Mulher viaja pela Nova Zelândia recriando cenas do Senhor dos Anéis

Foto: Bry Voydatch

Boa parte das cenas dos filmes da série “O Senhor dos Anéis” foram filmadas nas belíssimas paisagens da Nova Zelândia. Bry Voydatch é com certeza uma fã da série e também de viagens. Ela passou duas semanas viajando pelas ilhas Norte e Sul da Nova Zelândia e recriou cenas da franquia de filmes usando suas próprias fotos no lugar dos personagens. Um pouco de pós produção foi necessária pra que ela pudesse tomar o lugar de vários personagens. Veja abaixo o resultado dessa viagem pelo cinema e fotografia:

Percorrendo o caminho dos mortos / Foto: Bry Voydatch

 

Se escondendo dos Nazgul / Foto: Bry Voydatch

 

Deixando o Condado / Foto: Bry Voydatch

 

Dando uma passada em Isengard / Foto: Bry Voydatch

Foto da Segundona – 02-04-2018

Toda segunda-feira uma foto de um lugar legal pra começar bem a semana.

Quebec, Canada

GoPro lança a GoPro Hero, a nova câmera básica da marca

Foto: www.gopro.com

Após o lançamento da GoPro Hero 6, a marca resolveu dar uma cara nova para sua câmera mas básica, a GoPro Hero. Apesar de ter o mesmo nome do primeiro produto da marca, essa versão tem muitos recursos novos de suas irmãs mais novas.

A nova GoPro Hero faz vídeos em 1440p/60fps e 1080p/60fps e fotos em 10 megapixel. Ela não vem com o case mas é à prova d’água até 10m. Uma tela touch screen de 2″ foi incorporada para facilitar as filmagens e revisões dos vídeos. Ao contrário da antiga Hero, a nova câmera de ação tem WiFi e pode ser conectada a um celular ou tablet oferecendo controle total a suas funções incluindo visualização ao vivo. Outra forma de controlar a câmera é através de comandos de voz, função incluída somente nos modelos mais recentes da marca.

O novo modelo vem com uma montagem que a torna compatível com algumas dezenas de acessórios da marca como ventosas, garras e montagens diversas para moto ou carro. Por enquanto, a câmera não está disponível para venda no Brasil mas deve chegar em breve. O preço de lançamento nos Estados Unidos é de US$199,00.

Mais informações, clique aqui para acessar o site oficial da Hero.

 

Filtro UV, usar ou não usar?

Esse post é um pouco mais técnico pra quem leva fotografia um pouco mais a sério. O filtro UV é um item obrigatório pra muita gente que procura proteger suas caras objetivas fotográficas. Pra outras pessoas, é um gasto inútil e pode até prejudicar alguma fotografia. A polêmica pode ir longe e eu acredito que seja uma escolha de cada fotógrafo. Eu, por exemplo, já tive momentos em que eu usei e deixei de usar.

O filtro UV foi criado originalmente para eliminar a radiação ultravioleta que poderia gerar um tom azulado em fotografias sob sol muito forte mas isso foi antes da fotografia digital. Se você usa filme, pode perceber esse efeito em algumas imagens mas na fotografia digital, a maior parte dos sensores não é sensível à luz UV. Uma informação importante é que o filtro UV deve ter uma boa qualidade ótica. Filtros genéricos vão causar flare e até alteração cromática ou diminuição de nitidez.

Hoje eu uso em boa parte do tempo e vou explicar as vantagens e desvantagens do UV:

Vantagens
  • O filtro UV pode proteger o elemento frontal de sua objetiva de poeira, areia ou outros detritos. O uso é justificado em locais com vento e detritos no ar que podem riscar o sua objetiva ou o coating dela.
  • É muito fácil de limpar e pode ser trocado facilmente em caso de risco ou quebra.
  • É barato em relação a outros filtros fotográficos.
Desvantagens
  • O filtro pode proteger contra areia mas dificilmente vai proteger contra impactos. Se ele quebrar, provavelmente a objetiva quebra junto. Outra coisa é que só protege o elemento frontal.
  • O UV pode gerar imagens fantasma. O efeito acontece devido ao reflexo da luz na parte traseira do filme. Essa luz vem do reflexo de outros elementos ou até mesmo do sensor. Isso acontece principalmente em luzes superexpostas em fotografias noturnas.
  • O filtro é um elemento extra e vai gerar difração na luz, mesmo que muito pequena. Se quer usar um UV, invista num filtro original de uma marca de boa qualidade. Alguns bons exemplos são HOYA, Hama, Kenko e B+W. Obviamente, são mais caros que os genéricos.

Concluindo, use o filtro em ambientes que possam ser hostis à sua câmera e tire ele fora em situações que possam gerar imagens fantasma. Outro conselho é mantê-los sempre limpos para que interfiram minimamente na imagem. Para objetivas grande-angular, procure filtros Slim, mais finos para não gerar vinheta.

26000km numa moto com o filho de 6 anos no sidecar

Foto: Mihai Barbu

Muitas pessoas deixam de realizar o sonho de uma longa viagem por ter filhos. Dizem que as crianças não podem ser levadas numa jornada desse tipo, que é perigoso ou difícil pra ela. Outros acham que é irresponsabilidade. Bom, não é o que pensa o casal romeno Mihai Barbu e Oana.

Mihai e Oana rodaram de moto com seu filho Vladimir de 6 anos durante 4 meses. Eles percorreram 26000km saindo da Romênia e indo até a Mongólia. Vladimir percorreu a distância toda no sidecar da moto de seu pai. E essa não foi a primeira viagem do tipo. Eles já percorreram a Europa e norte da África.

Mihai, que é fotógrafo, diz que essa experiência é uma quebra de paradigma. Não importa o país, as pessoas continuam achando que as crianças terão dificuldade de inserção numa nova cultura. A realidade é bem diferente e ele acredita que essa experiência e interação irá gerar um maior entendimento do filho sobre as diferenças entre os povos.

As fotografias da aventura são incríveis:

Mais fotos no perfil do fotógrafo no face: www.facebook.com/mihai.a.barbu

« Older posts

© 2018 Câmera na Estrada

Theme by Anders NorenUp ↑